Marketing digital para empresas de TI: por onde começar?

Empresas da área de tecnologia respiram – e transpiram – inovação a todo momento. Por isso, a divulgação de seus produtos e serviços, com o objetivo de trazer mais clientes, não pode ficar para trás. E a melhor forma de fazer isso é investindo em marketing digital.

Mas se você está se perguntando como dar início a uma estratégia de marketing digital em sua empresa de T.I (Tecnologia da Informação), continue lendo esse post com nossas dicas!

Conteúdo de qualidade: um dos pilares para educar, atrair e se relacionar com seu cliente

Primeiramente, é preciso lembrar que o marketing digital refere-se às ações de comunicação em meio on-line para promover os produtos, serviços ou a marca de uma empresa. No caso de empresas da área de tecnologia, essa divulgação merece uma atenção extra já que as vendas desse mercado costumam ser mais complexas.

Assim, o primeiro passo para aderir ao marketing digital é entender que é preciso educar o cliente sobre as soluções da sua empresa, explicando sobre seus benefícios e por que elas são tudo o que as pessoas precisam – ainda que não saibam disso. E essa educação do cliente pode ser feita por meio de inbound marketing (marketing de conteúdo), uma das ferramentas do marketing digital, que refere-se à criação de conteúdo relevante, como em um blog institucional ou nas redes sociais da companhia. Mas atenção: para a estratégia funcionar, é preciso descomplicar, afinal, nem sempre será um analista que vai ler o que sua empresa escreve.

Ao elaborar o conteúdo, é necessário levar em consideração a ferramenta conhecida como funil de vendas, a fim de encontrar a dor do cliente e apresentar sua empresa como a solução que ele procura para seu problema.

O conteúdo divide-se entre três etapas do funil, que simbolizam a jornada da compra do cliente: Topo, Meio e Fundo.

  • No topo, as pessoas ainda não procuram por seu serviço ou produto, por isso a ideia é fazer com que percebam que têm um problema.
  • No meio do funil, a pessoa já sabe que tem um problema e passa a considerar uma solução para o mesmo. É nesse momento que o cliente em potencial pesquisa sobre suas opções, para decidir se realmente quer o produto ou serviço.
  • No fundo do funil, as pessoas decidiram que precisam das soluções da sua empresa. Então, passam a compará-la com outras organizações para achar a melhor alternativa. Quando o conteúdo é bem-sucedido nessa etapa, a pessoa realiza a compra.

Embora os posts em blog sejam comuns para atrair o cliente, outros formatos de conteúdo também são eficazes nessa tarefa, como e-books, infográficos e templates. Nestes casos, o conteúdo também funciona para gerar leads, ou seja, saber quem são seus clientes em potencial e se relacionar com eles, para que se tornem clientes, de fato.

Redes sociais e e-mail marketing

A partir do momento que sua empresa gera conteúdo relevante, é hora de divulgá-los. Além da otimização das palavras-chave, que faz com que seu blog apareça nas páginas de pesquisa quando alguém busca o assunto do texto, é preciso promover o material nas redes sociais da empresa.

E-mails marketing também são uma estratégia de marketing digital, pertencente à ferramenta inbound. O download de e-books e outros materiais ricos disponibiliza uma lista de e-mails para sua empresa entrar em contato e, é por meio do e-mail marketing que o relacionamento com o cliente em potencial, ou cliente em si, acontece.

A importância do SEO

Todo o conteúdo produzido, seja no blog, seja em anúncio, deve ser otimizado para aparecer facilmente na busca orgânica dos sites de pesquisa. Essa otimização, referente a SEO (Search Enginee Optimization, ou seja, Otimização para Mecanismos de Busca) e feita com base na escolha das palavras-chave corretas, é que vai garantir, aliada ao bom conteúdo, que sua empresa se destaque diante dos concorrentes.

Por que ter uma estratégia de marketing digital?

Se a internet é a base de uma empresa de tecnologia, por que ela não seria de grande ajuda para divulgar as atividades dessa organização com muito mais sucesso?

Além de ser mais acessível economicamente, essa modalidade de marketing on-line costuma ser mais democrática, afinal, a divulgação é feita em mídia programática, ou seja, a compra programada de anúncios em plataformas como Google Adwords, Facebook Ads, Instagram Ads, entre outros.

Diferentemente da mídia tradicional, que leva em conta apenas o valor pago pela empresa para que o anúncio apareça, no meio virtual há leilões onde se considera o valor que a companhia visa pagar por clique mais a relevância para o que é pesquisado. Ou seja, crie anúncios relevantes, de qualidade, para desembolsar menos dinheiro e aumentar sua visibilidade em meio aos clientes.

Outra vantagem do marketing em meio on-line é mensurar, de forma prática, rápida, e em tempo real, os resultados das estratégias. Assim, a correção e o aprimoramento do conteúdo também fica mais fácil.

Meu negócio é apenas TI. E agora?

Desenvolver conteúdo de qualidade é um desafio, por isso muitas empresas decidem terceirizar a produção de textos e gestão das redes sociais e anúncios on-line. Uma das melhores formas de fazer isso é contratar uma agência especialista em marketing digital, já que, assim, é possível que a empresa continue focada no desenvolvimento de produtos e soluções, mas ainda se mantendo informada sobre a estratégia inbound criada especialmente para seu caso, e os resultados gerados por ela.

Quer saber como o marketing digital pode ajudar sua empresa de TI? Faça um diagnóstico gratuito com a Lince agora mesmo!

Redação Lince